‘Judiciário digital engajado com a sociedade’, por Antonio Amaro da Silveira

‘Judiciário digital engajado com a sociedade’, por Antonio Amaro da Silveira

No mundo contemporâneo, diante das possibilidades tecnológicas e da necessidade de os poderes e instituições públicas promoverem comunicação interativa com a sociedade, fazer uso planejado e consciente das mídias digitais é imprescindível. A democratização do acesso às informações demanda formas ágeis para comunicar-se e promover interlocução permanente com a população.

Frente a esse cenário e ao compromisso da atual administração de manter diálogo aberto com entidades e sociedade, o Tribunal de Justiça do RS amplia sua presença digital. De forma planejada, faz uso das redes sociais para traduzir e publicizar uma infinidade de ações em benefício da cidadania. Essas plataformas demandam adequação de linguagens e criatividade para uma nova estética.

Nossos objetivos de comunicação estão pautados no compromisso com a transparência, no papel educativo e nas grandes causas protagonizadas pelo Judiciário, como inclusão social, respeito socioambiental e combate à violência contra a mulher e à discriminação racial. Nesse período de pandemia, em que muitas relações tradicionais migraram para o ambiente digital, divulgamos campanhas de serviço, mobilização comunitária e educativas.

Falamos diretamente com nosso público essencial, os operadores do Direito, para orientar advogados sobre procedimentos como as sessões virtuais de julgamento e retomada de prazos processuais; bem como aos magistrados e servidores públicos sobre os novos procedimentos de trabalho remoto e presencial com segurança.

A presença digital tem sido importante para informar sobre a alta produtividade do Judiciário, desmistificando uma visão histórica. Destacamos a aceleração dos procedimentos de digitalização processual e operacional, além de informar as atitudes solidárias, com grande redução de gastos e doações de recursos e equipamentos para combate à covid-19 em diversas frentes.

O Judiciário gaúcho deseja falar para todos e quer engajar cada vez mais com conteúdos relevantes. Mas, antes de tudo, quer estar engajado com a sociedade.

* Antonio Vinicius Amaro da Silveira é desembargador e presidente do Conselho de Comunicação Social do TJRS. Artigo publicado na edição do dia 7 de outubro de 2020 do jornal Zero Hora.