Prêmio de sustentabilidade e ciclo internacional de palestras marcam os 40 anos da Escola da AJURIS

Prêmio de sustentabilidade e ciclo internacional de palestras marcam os 40 anos da Escola da AJURIS

A Escola da Magistratura da AJURIS prepara dois grandes eventos para marcar os 40 anos que serão celebrados em outubro. “Queremos propor um ciclo de reflexão sobre o panorama dos últimos 40 anos, mas já considerando as tendências dos próximos 40, mirando o futuro”, afirma o diretor da instituição, Jayme Weingartner Neto. A Escola da Magistratura, assim, avança como centro de excelência jurídico-humanista, oferecendo educação continuada e preparação profissional, pesquisando e debatendo com a sociedade temas culturais relevantes.

A partir de 21 de setembro estarão abertas as inscrições para o Prêmio Eladio Lecey de Sustentabilidade, uma homenagem ao ex-diretor da Escola da Magistratura na gestão 1988-91 e referência nacional da educação judicial e da área ambiental. A premiação, aberta a estudantes de graduação e pós-graduação em Direito e a profissionais da área, quer identificar e disseminar a produção científica, fomentar o debate e contribuir para a implementação de uma cultura de sustentabilidade (ambiental, social e econômica). Os trabalhos podem ser individuais ou coletivos e ser inscritos em três categorias: estudantes de graduação, estudantes de pós-graduação e profissionais. O primeiro prêmio para cada categoria é de R$ 5 mil e bolsa integral em curso da Escola, também premiados o segundo e terceiro colocados.

O regulamento completo pode ser acessado no link http://bit.ly/Premio_Eladio

Também em setembro terá início o Ciclo de Palestras Escola 40 Anos, pensando perspectivas dos próximos anos a partir do que ocorreu nos últimos anos em grandes temas (direito privado, ciências criminais, constitucional e humanidades) que impactam fortemente na sociedade. Entre os participantes já estão confirmados, de Portugal, os professores de Coimbra Faria Costa e Paulo Mota Pinto e o juiz do Tribunal Constitucional Gonçalo Almeida Ribeiro; os ministros Luís Roberto Barroso (STF), Antonio Herman Benjamin, Paulo Sanseverino e Rogério Schietti (STJ); o catedrático da Humboldt de Berlim Luís Greco; e os professores Gustavo Badaró (USP), Cláudia Lima Marques (UFRGS), Ingo Sarlet e Gabrielle Sarlet (PUCRS). As datas das palestras, abertas ao público, serão divulgadas em breve.