Seminário do CNJ discute as questões raciais no Poder Judiciário

Seminário do CNJ discute as questões raciais no Poder Judiciário

Questões Raciais e o Poder Judiciário é o seminário promovido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) nos dias 7 e 8 de julho. Reunindo magistrados e juristas de todo o país, o encontro vai analisar e discutir a questão do racismo estrutural não apenas na sociedade brasileira, mas também dentro do Poder Judiciário.

A abertura será feita às 17h do dia 7 pelo ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do CNJ, com a participação de autoridades do Judiciário e presidentes de associações nacionais de magistrados. Ainda no dia 7 ocorrerão dois painéis. Na manhã do dia 8 ocorrem outros dois painéis, e o encerramento está previsto para as 12h, com uma palestra sobre a criação de um grupo de trabalho no CNJ sobre a igualdade racial. A juíza gaúcha Karen Luise Pinheiro participará do painel sobre Sistema de Justiça: Julgamento Com Perspectiva Racial e também da palestra de encerramento.

“O Judiciário, poder imbuído do dever de proteção das garantias constitucionais, não pode quedar inerte ante a situação precária da população negra brasileira e seu desejo por mais igualdade e efetividades dos seus direitos – até mesmo porque tais problemas acabam, das mais diversas formas, por desaguar nos tribunais, provocados constantemente a dar resposta a uma diversa gama de situações originadas da discriminação, do desrespeito e da violência (institucional ou não) contra o negro em nosso país. Não basta, contudo, olhar para fora: é necessário olhar também para dentro, para a estrutura do Poder Judiciário, espaço no qual os negros ainda possuem pouca representação e visibilidade – um reflexo das distorções e injustiças verificadas na sociedade em geral”, diz o texto de divulgação do evento, pedindo aos participantes a reflexão sobre a questão do racismo estrutural.

O seminário terá o apoio da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), da Associação Nacional dos Magistrados do Trabalho (Anamatra), da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) e da coordenação do Encontro Nacional de Juízas e Juízes Negros (Enajun). O evento, aberto aos operadores do direito e a toda sociedade civil, será realizado em plataforma digital.

MAIS INFORMAÇÕES:

Clique aqui para conferir a programação completa

As inscrições podem ser feitas no link abaixo:
https://eventos.cnj.jus.br/inscricao-seminario-nacional-sobre-questoes-raciais