Judiciário gaúcho empossa 26 novos juízes

Judiciário gaúcho empossa 26 novos juízes

Vinte e seis novos magistrados e magistradas do Judiciário gaúcho, aprovados no concurso para Juiz de Direito Substituto, tomaram posse na tarde desta quarta-feira (8/01), em cerimônia realizada no Plenário Pedro Soares Muñoz, no Tribunal de Justiça (TJRS). O vice-presidente de Patrimônio e Finanças da AJURIS, Cristiano Vilhalba Flores, o diretor do Departamento de Assuntos Legislativos, Luís Antônio de Abreu Johnson, o diretor do Departamento de Comunicação Social, Max Akira Senda de Brito, além do diretor da Escola da AJURIS, Jayme Weingartner Neto, acompanharam a cerimônia. 

Após a condução dos novos magistrados ao plenário, a juiza de Direito Flavia Paese Vaz Ribeiro Vanoni, que ocupou a primeira colocação do certame, falou em nome dos empossados. Em sua manifestação, a nova juíza resgatou a evolução do papel do juiz. “Temos, hoje, um juiz contemporâneo que deve participar do processo de construção do Direito, pautado pela coerência, integridade e pretensão de correção”, frisou, ressaltando os desafios de exercer uma jurisdição efetiva, tempestiva e célere num cenário de judicialização massiva de conflitos.

Como destacou o desembargador Almir Porto da Rocha Filho, presidente da Comissão de Concurso para Juiz de Direito Substituto e 2º vice-presidente do tribunal, a partir de hoje, os novos juízes “passam a integrar um dos mais respeitados judiciários do país, reconhecido nacionalmente pela qualidade de suas decisões e projetos de vanguarda, aqui iniciados e que se espalharam pelo país”. Segundo o magistrado foram mais de 13 mil inscrições no concurso, dos quais pouco mais de 660 candidatos foram aprovados na prova teórica e apenas 29 aprovados em todas as etapas. 

Encerrando a cerimônia, o presidente do TJRS, Carlos Eduardo Zietlow Duro, manifestou a honra para o Tribunal em receber os novos integrantes do Judiciário gaúcho e desejou sucesso na caminhada de cada um dos recém empossados. Duro também lembrou que, apesar da posse, o Judiciário gaúcho continuará trabalhando com um déficit de 211 juízes, o que apenas minimizará a situação, mas não resolverá o problema. 

Perfil dos novos magistrados 


O concurso público homologado pelo Órgão Especial do TJRS, em 9 de dezembro de 2019, aprovou 29 candidatos.
A maior parte do novos magistrados têm idade média de 33 anos  e nasceram no Rio Grande do Sul (8). O segundo estado com maior número de aprovados foi São Paulo (7), seguido de Rio de Janeiro (5), Permambuco (3) e Minas Gerais (2). Bahia, Mato Grosso, Maranhão e Buenos Aires (Argentina) completam o quadro, com um representante cada.  

O gênero feminino ocupou a primeira colocação do certame, com a candidata Flavia Paese Vaz Ribeiro Vanoni, que obteve a média final de 7,781. Ao total, 17 novos magistrados são homens e 12, mulheres. A UFRGS e a USP despontaram como as principais instituições de ensino de origem dos 29 aprovados.

Galeria de fotos