Atletas de jiu-jitsu se unem ao Poder Judiciário pelo fim da violência contra a mulher

Atletas de jiu-jitsu se unem ao Poder Judiciário pelo fim da violência contra a mulher

A luta pelo fim da violência contra as mulheres ganhou um aliado de peso, nesta quinta-feira (28/11), com o lançamento da campanha Tod@s por Elas. A ação é uma parceria entre Tribunal de Justiça (TJRS) e Federação Gaúcha de Artes Marciais Mistas (Fegamm). 

Ao contar com o apoio dos atletas, a ação pretende divulgar as boas práticas do esporte para desconstituir a cultura machista, desmistificando o estereótipo de homem forte, machista e agressivo. O presidente da Fegamm, Fernando Cantes, o Mestre Pelé, falou sobre a importância de combater o feminicídio: “Quem luta, não briga, somos da paz e não aceitamos perder mais nenhuma mulher para a violência”.

A vice-presidente Cultural da AJURIS e titular do 1º Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher da Capital, Madgéli Frantz Machado, participou do evento e falou sobre a participação dos lutadores: “Eles com certeza vão ser uma referência, até por conta dos princípios que norteiam toda a atividade esportiva, mas principalmente a de artes marciais: respeito, equilíbrio”.

O 3º vice-presidente do TJRS, Tulio Oliveira Martins, e a corregedora-geral de Justiça, Denise Oliveira Cezar, em suas falas, destacaram o papel da educação no combate à violência e importância da presença das crianças que praticam jiu-jitsu na solenidade. Também participaram as juízas-corregedoras Geneci Ribeiro de Campos, Gioconda Fianco Pitt e Eloísa Helena Hernandez de Hernandez. 

 

Luta pelo fim da violência em todas Comarcas

Madgéli Machado também convidou os magistrados das Comarcas do interior a se engajarem na campanha: “Queremos levar essa mensagem para todo o Estado, os juízes podem coordenar essas ações para mobilizar a população local”. 

As peças publicitárias estão disponíveis em: www.tjrs.jus.br/novo/todos-por-elas . Além disso, o painel com a marca da campanha e as luvas vão percorrer os Foros da Capital e do Interior, chamando atenção para o tema. 

 

Defesa pessoal

Após o lançamento da campanha, Madgéli Machado e as mulheres que participam do projeto Borboleta, desenvolvido pelo Juizado da Violência Doméstica, participaram de uma aula autodefesa. O Mestre Pelé ensinou algumas técnicas de defesa para possíveis agressões e elas puderam treinar golpes com os atletas da Fegamm.

 

Galeria