Juizados de Violência Doméstica da Capital vão contar com aromaterapia

Juizados de Violência Doméstica da Capital vão contar com aromaterapia

A abertura da 14ª Semana da Justiça pela Paz em Casa foi marcada pelo lançamento do projeto “Aromas de Esperança”, que em parceria com a Rede Panvel vai trabalhar com aromaterapia nas audiências e salas do Juizados de Violência Doméstica da Comarca de Porto Alegre. A presidente da AJURIS, Vera Deboni, participou do anúncio, que foi feito nesta terça-feira (26/), no Foro Central I da Capital.

“Esse é um gatilho de esperança e da paz”, afirmou a titular do 1º Juizado de Violência Doméstica, Madgéli Frantz Machado, destacando também a importância da atuação de todos os agentes da rede de enfrentamento e proteção da violência contra a mulher. A magistrada é vice-presidente Cultural da AJURIS. 

Atuando em regime de exceção no 1º Juizado, a juíza de Direito Márcia Kern, que integra a direção da AJURIS, foi a idealizadora da parceria: “Gostaria que as pessoas lembrassem do juizado com cheiro de esperança”, afirmou, destacando que a ideia é estender a parceria para outras comarcas. A juíza em regime de exceção do 2º Juizado, Andrea Rezende Russo, também participou do evento. 

O ato contou também com a abertura da exposição “Tecendo Sonhos”, que com a mostra de filtros dos sonhos elaborados pelas mulheres que participam dos projetos. Os trabalhos contaram com coordenação da arteterapeuta Glaci Borges de Assis, e simbolizavam as angústias e fatos que as artistas gostariam de deixar no filtro, no passado. 

Justiça Pela Paz em Casa

O programa nacional Justiça Pela Paz em Casa foi idealizado pelo Conselho Nacional de Justiça e há 14 edições é realizado com o objetivo de aprimorar e tornar mais célere a prestação jurisdicional em processos de violência doméstica e familiar contra a mulher. 

Desenvolvido três vezes no ano, a ação tem foco na realização concentrada de audiências e julgamentos bem como ações multidisciplinares de combate a esse tipo de violência.