Memória AJURIS 75 anos: Luta em defesa da previdência pública na gestão de Aquino

Memória AJURIS 75 anos: Luta em defesa da previdência pública na gestão de Aquino

Mais um capítulo do Projeto Memória AJURIS 75 anos vai ao ar nesta terça-feira (05/11), e resgata a história pelas lembranças de José Aquino Flôres de Camargo, que presidiu a AJURIS no biênio 2002/2003.

O período era de mudanças políticas no país, e com isso uma nova proposta de reforma da Previdência tramitava no Congresso Nacional. Aquino liderou no Rio Grande do Sul um movimento que reuniu diversas entidades, com o objetivo de evitar prejuízos aos membros de Poderes e servidores.

Essa mobilização deu origem a criação da União Gaúcha, entidade que até hoje é presidida pela AJURIS e segue fazendo o debate e defesa da previdência pública.

Foi também na gestão 2002/2003 que a foi construída e inaugurada a Sede Administrativa da AJURIS, localizada até hoje no número 81 da Rua Celeste Gobbato, marcando um período de maior independência e autonomia da Associação.

Aquino também foi presidente do Tribunal de Justiça (TJRS) no biênio 2014/2015.

Gestão 2002-2003

Presidente: José Aquino Flôres de Camargo
Vice- Presidente Administrativo: Carlos Rafael dos Santos Júnior
Vice-Presidente Social: Joel Sani Scheva
Vice-Presidente Cultural: Elisa Cánovas Teixeira
Vice-Presidente Patrimônio e Finanças: Ícaro Carvalho de Bem Osório

 

Confira:

PROJETO MEMÓRIA AJURIS 75 ANOS

O Memória AJURIS 75 anos resgata a história da Associação pela voz dos ex-presidentes da entidade. O projeto foi desenvolvido pelo Departamento de Comunicação da AJURIS, com produção e entrevistas de Joice Proença e direção geral do projeto, imagens e edição de Vinicios Sparremberger.

O Departamento de Comunicação é dirigido por Max Akira Senda de Brito e coordenado pelo jornalista-chefe Alexandre Bach.

Essas e outras histórias em: ajuris.org.br/videos