Magistrados gaúchos participam do Fonajup e Fonajuv no Rio de Janeiro

Magistrados gaúchos participam do Fonajup e Fonajuv no Rio de Janeiro

Os magistrados gaúchos participaram, nesta segunda-feira (9/9), da abertura conjunta do XXV Fórum da Justiça Juvenil (Fonajuv) e o VII Fórum da Justiça Protetiva (Fonajup), que acontece entre 9 e 11 de setembro, no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ). Os eventos contam com o apoio da Associação Brasileira dos Magistrados da Infância e da Juventude (Abraminj), que é presidida pelo desembargador José Antônio Daltoé Cezar, que também é diretor da AJURIS.

Nesta terça-feira (10/9), Daltóe coordenou a mesa de abertura do Fonajup que abordou o Pacto Nacional da Primeira Infância. O evento de justiça protetiva também promoveu uma exposição de Boas Práticas voltadas para a adoção tardia.

Já na quarta-feira (11/9), titular do 3ª Juizado de Infância e Juventude, Charles Maciel Bittencourt, apresenta no Fonajuv o Programa de Oportunidades e Direitos Socioeducativo (POD Socioeducativo), que tem  que atende os egressos da Fase. 

O POD Socioeducativo está apresentando resultados positivos, com reduzindo a reincidência e oferecendo oportunidade de renda, capacitação profissional e auxiliando na inserção desses jovens no mercado de trabalho. O programa é executado por um convênio entre governo do Estado e Centro de Integração Empresa-Escola do RS (CIEE/RS).