AJURIS se solidariza com magistrada de São Paulo

AJURIS se solidariza com magistrada de São Paulo

A AJURIS se solidariza com juíza da Vara de Violência Doméstica, do Foro Regional do Butantã em São Paulo, que foi alvo de violência no exercício da jurisdição nesta quarta-feira (30/3).

A Magistratura gaúcha reafirma seu repúdio a todo e qualquer ato de violência contra integrantes do Poder Judiciário, pois isso atenta contra o Estado Democrático de Direito, do qual o Judiciário é o principal garantidor.

A Associação Paulista de Magistrados (Apamagis) manifestou integral apoio e solidariedade à juíza da Vara de Violência Doméstica, alvo, nesta data, de grave e inusitado atentado, praticado provavelmente por pessoa que estava sob a sua jurisdição, que invadiu o prédio público munido de líquido inflamável fazendo a magistrada de refém.

O texto também destaca a necessidade de que os membros da Magistratura tenham proteção contra atos que atentem contra sua integridade física, coloquem em risco suas vidas e afetem diretamente o Poder Judiciário. 

A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) também manifestou solidariedade e destacou que o episódio traz à tona uma problemática recorrente: a vulnerabilidade à qual juízes, servidores e cidadãos estão expostos diariamente no ambiente jurisdicional.

 

Departamento de Comunicação
Imprensa AJURIS
51 3284.9141
imprensa@ajuris.org.br